sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Sobre inspirações: o céu...

O céu curitibano, em 06/12/2012.
- Foto de Carlírio Neto -

Eis que o blog NETOIN! Mais! volta devidamente energizado para uma nova temporada de posts. Daqui até o mês de fevereiro de 2013, muitas reflexões aparecerão para suprir uma necessidade de minha pessoa que, às vezes, conseguem fazer com que o humor se eleve à níveis estratosféricos ou decaiam até o máximo que o solo terrestre há de permitir...

É crescente a gana de crescimento para a seção Devaneios Mentais, que chamou positivamente a atenção de muitos quando surgiu em setembro'2012. Muitas ideias estão prontas, ao mesmo passo que outras estão em andamento. Um grande projeto em conjunto também surgirá, o que possibilitará grandes novidades e trabalhos para que você possa ver, visitante. Mas, o momento é de falar de uma das inspirações mais relevantes para este blogueiro e que, de forma contundente, a maioria das pessoas não dá  mínima atenção: o céu.

Contemplar o céu é uma atividade muito prazerosa. Fixado acima das cabeças de todos, minha pessoa às vezes tem uma impressão nada científica ou natural do céu quando para ele se faz olhar. É sabido que ele (o céu) deixa à vista de todos os seres vivos a situação climática do momento, além das nuvens poderem proporcionar um espetáculo notável em dados momentos. Mas a cabeça tende a martelar em uma ideia minimamente interessante com tal cenário...

Praça da Sé, em São Paulo/SP, no dia 10/11/2012.
- Foto de Carlírio Neto -

E se o céu tivesse sentimentos? A cada passagem de nuvens, a cada brilho do Sol ou de um luar cheio de poder, com as estrelas piscando ou com os muitos feixes de luzes que tendem à passar rapidamente próximo ao aeroporto, o céu passa uma mensagem convidativa ao raciocínio.

Pode ser um sentimentalismo barato, ou até mesmo uma alusão à alguma coisa que não faz sentido algum. Mas os céus transmitem algum sentimento. Se ele estiver totalmente azul, com poucas nuvens ou nenhuma delas aparecendo, paira a alegria. Um céu onde o branco predomina pode trazer todos á seriedade, ao momento do pensamento e da racionalização sobre alguma coisa. Estando nublado bate a seriedade e o medo, por mais que faça prever uma forte tormenta, ao mesmo tempo minha pessoa consegue especular coisas ou algo acerca de um futuro incerto. O céu noturno estrelado é fantástico e bonito, mas bate em minha pessoa uma grande e estranha tristeza ao vê-lo.

Como pode alguém ficar triste ao presenciar tão beleza natural, que é um céu forrado pelas estrelas do nosso universo? Um questionamento bem abstrato e confuso este. Não há muito para se enfatizar, à não ser o benefício da dúvida não apernas para este blogueiro, como também para você que lê este texto no momento...

Em Porto Alegre/RS, no dia 14/09/2012.
- Foto de Carlírio Neto -

O céu consegue fazer, além de tudo que já foi mostrado, canalizar uma mudança profunda e certeira em meu estado emocional. Sair reflexivo do trabalho é uma atividade das mais corriqueiras que este blogueiro possui mas, ao olhar para cima e se deparar com uma das citadas mensagens aqui explanadas, minha pessoa pode dar um sorriso bobo ou permitir que uma pequena lágrima caia. É tudo questão de momento...

São as pequenas coisas da vida que testam, verdadeiramente, um ser humano.
Os grandes acontecimentos só serão superados por aqueles que conseguem, 
ao próprio modo, superar toda e qualquer conformidade que possa aparecer 
em razão dos pequenos acontecimentos do dia a dia.

Uma frase para se pensar, baseada em uma ideias que mais fazem este blogueiro querer massagear o próprio cérebro em busca de respostas contundentes.O céu é um dos responsáveis por tal raciocínio. Em um momento qualquer esta fonte de inspiração, sempre tão presente neste pequeno planeta, poderá trazer uma ideia impactante para este blogueiro. Uma ideia não apenas para novos contos ou histórias, mas também para a vida.

Grato por vossa atenção.

 Twitter pessoal: aqui / E-mail do blog: aqui

- NETOIN! Mais! : o lar de todas as paixões... -

2 comentários:

  1. Eu adorei o texto porque também sou uma apreciadora do céu. Eu gosto das nuances das cores, das nuvens, de sol com chuva... É um pedaço de "coisa boa" no meu dia. Independente como esteja, ele é lindo e em alguns casos, fica marcado lindamente na memória.
    A minha tristeza atual é que o céu paulistano é ruim para ver as estrelas por causa das nuvens e poluição. Em pensar que já cheguei a ver a Via Láctea em cidades do interior...
    Adorei, adorei, adorei muito o texto e estou devendo comentários em outros... Esse final de ano tá uma loucura. :(

    ResponderExcluir
  2. Saudações

    Não te preocupes, nobre Red Kim. Se o texto lhe soou bem já está ótimo ao meu ver.^^

    E sim, o céu consegue ser belo de qualquer forma ou jeito...

    Até mais!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião sobre este texto.
Com isto, o [NETOIN! Mais!] poderá crescer e se desenvolver ainda mais.

Muito agradecido!

NETOIN! Mais!



O blog está presente desde 27 de fevereiro de 2008.

E esta é a quinta alteração de template dele, datada de
18 de outubro de 2013.

(a última foi em 16 de dezembro de 2012)

- Grato pela visita -



Blog sobre assuntos diversos - Favor não copiar os textos do blog sem antes entrar em contato com o dono do mesmo.
NETOIN! Mais! 2008-2014