sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

E o "NETOIN! Mais!" está de aniversário!

Detalhe da Praça do Japão, em Curitiba.

Após muitas incertezas, muitos acontecimentos e reviravoltas, o "NETOIN! Mais!" está completando o seu primeiro ano de existência na data de hoje.

Desde a sua concepção, o blog foi muito irregular no que se refere à periodicidade de suas postagens. Entretanto, nas mesmas postagens, muito assunto interessante foi comentado.

O blog foi criado com o intuito de abrigar as outras postagens que não se faziam mais pertinentes ao blog co-irmão, o "NETOIN!" ( que passou à dedicar-se exclusivamente sobre a animação e cultura japonesa ). Nessa empreitada, assuntos que abrangiam temas como o esporte, a informática, o cotidiano e as curiosidades ganharam o seu espaço.

Balanço geral...

O quadro final de medalhas da Paraolimpíada'2008.

Ao longo deste ano que se passou, o "NETOIN! Mais!" não prendeu-se à um único assunto, procurando estender-se aos mais variados temas.

O campo esportivo teve o seu destaque, nas postagens especiais sobre o rugby, sobre o cricket, e sobre o hockey ( sobre a grama ). Quando o Brasil venceu o CONSUR B do rugby no Paraguai, um destaque foi dado aqui no blog. E a paraolimpíada foi esplêndida, onde a campanha brasileira foi digna de ser lembrada por vários anos...

Outro destaque cabe aos tutoriais que se fazem presentes no blog, em especial sobre o Media Coder. O tutorial sobre vídeos invertidos também tem sido muito apreciado.

Textos sobre variedades e curiosidades também marcaram presença neste primeiro ano do blog. Podem ser citados os textos sobre o Super Genintari ( um vídeogame do tipo "quatro em um" ) e sobre alguns passeios feitos por este humilde blogueiro.

Objetivamente

O "NETOIN! Mais!" ainda tem muito para evoluir. Entretanto, seus primeiros passos para isso já foram dados.

E este humilde blogueiro já guarda uma grande ansiedade sobre o que virá pela frente nos próximos 365 dias...

- NETOIN! Mais! -

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Um novo parceiro...

Imagem do blog "Cricket, ICL e Outros Esportes".

É a primeira vez que um novo blog parceiro é apresentado aqui no "NETOIN! Mais!", seguindo assim a tendência natural que se faz presente no blog co-irmão, o "NETOIN!".

E hoje o "NETOIN! Mais!" fechou uma nova parceria, tratando-se de um blog esportivo. E como a imagem acima sugere, é um blog que usa como abre-alas um esporte pouco conhecido no Brasil, o cricket ( críquete ).

O nome do blog é "Cricket, ICL e Outros Esportes", sendo administrado por um jovem de nome Carlos Dimitris.

O blog em questão convida o seu visitante à saber mais sobre o cricket, esporte pouco conhecido no Brasil, mas imensamente prestigiado em vários locais do mundo, sendo exemplos o Caribe ( Índias Ocidentais ), a Europa ( Inglaterra ), a África ( Zimbábue ), a Ásia ( Paquistão, Índia ) e a Oceânia ( Austrália ). Desde resultados de importantes competições, até curiosidades e dados técnicos extras podem ser vistos no mais novo parceiro do "NETOIN! Mais!".

Você visitante pode não saber, mas aqui no "NETOIN! Mais!" o cricket já teve seu espaço. Entretanto, no mais novo blog parceiro, o esporte é tratado de uma forma muito mais chamativa e informativa, analisando dados como os mostrados no parágrafo acima, e sempre que possível fazendo comentários sobre outras modalidades esportivas.

Visite o novo parceiro, e saiba mais sobre o cricket você também.

- NETOIN! Mais! -
Posted on quarta-feira, fevereiro 25, 2009 | Categories:

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Especial: tutorial de conversão na família 0.6.2 do Media Coder

O logo inicial do programa.

O Media Coder é um conversor gratuito. Além disso ele é muito diversificado, por possuir muitas ferramentas para um projeto de conversão, desde opções de áudio e vídeo até o modo de tela.

Por possuir muitas ferramentas, o Media Coder acaba se tornando um tanto quanto confuso para vários usuários. Como já foi feito primeiramente em 2008 no "NETOIN!" e um pouco mais tarde repassado aqui para o "NETOIN! Mais!", irá seguir-se à partir de agora mais um tutorial do Media Coder, focado na família 0.6.2.

Muitas opções não mudaram desde o tutorial da família 0.6.1, no entanto outras possibilidades foram aqui acrescidas. Inclusive foi usado o Media Coder no idioma português brasileiro, o que para muitos usuários será um fator extremamente bem-vindo.

O básico

Recapitulando o básico.

Através da separação feita pelas cores realçadas na imagem acima, segue-se:

* A: é a área de acesso rápido do Media Coder. Ações como adicionar um arquivo ou um grupo de arquivos, assistir à um vídeo ou iniciar um processo de conversão são feitos nesta área. Acima dela está a barra de ferramentas onde, além das opções já mencionadas estão várias outras, como a seleção de plugins, e também uma função de poder assistir o vídeo até certo ponto de sua conversão;
* B: aqui é aonde você seleciona o local de destino para as suas conversões, que será salvo automaticamente pelo programa. No caso de não selecionar nada, o resultado da conversão estará sempre no mesmo local onde encontra-se o arquivo original;
* C: nesta área ficam os arquivos selecionados para o processo de conversão. Você pode selecionar os arquivos através da área "A", ou então apenas arrastá-los e soltá-los aqui;
* D: neste local ficam os dados do arquivo que será convertido, com as suas configurações originais. Atentar-se aqui é uma boa idéia para conhecer mais sobre os padrões de configurações dos arquivos, o que ajudará a desbravar as possibilidades que o Media Coder pode oferecer;
* E: nesta área estão as abas de configuração do processo de conversão, onde há um atalho referente à área "A", e demais abas funcionais para escolha de codecs de áudio e vídeo, dimensão de tela, legendas e outras funcionalidades;
* F: e aqui estão as abas de ajustamento das configurações por você estabelecidas, sendo todas dedicadas à cada codec de áudio e vídeo em específico.

Dicas para os processos de conversão

Optando no recorte de tela.

Para quem já acompanhou os tutoriais do Media Coder já presentes aqui no "NETOIN! Mais!", o que será agora mencionado não virá a ser uma grande novidade. Entretanto, vale a pena reconfirir.

Se pretendes fazer um projeto em DVD-Video ou CD-Video ( VCD / SVCD ), a dica dada é converter para os formatos MPEG1 ou 2, AVI com MPEG4 ou com MS-MPEG4-V2 e MOV. No caso de seu programa de gravação aceitar, podes também converter para MP4 com Nero Encoder ou com LAME MP3.

Vale ressaltar que, dependendo do software de gravação de projetos que você venha à utilizar, um certo padrão deve ser seguido. Explicando: para fazer VCD's ou SVCD's, deve-se converter para MPEG1; e para fazer DVD's, deve-se converter para MPEG2.

Além disso, no caso de seu DVD-Player ser compatível de forma direta com Xvid, bastará fazer a conversão para AVI com Xvid, e gravá-lo de forma direta ( no formato de dados ), sem precisar fazer um projeto propriamente dito.

Como sugerido em seu subtítulo ( que você verá mais adiante ), a conversão para 3GP é específica para grande parte dos aparelhos celulares. Entretanto, já existem tais aparelhos que aceitam arquivos no formato MP4. Se for o seu caso, converta para este formato diminuindo o tamanho da tela para uma das opções presentes na configuração para 3GP.

Além disso, toda e qualquer dimensão de tela aqui sugerida ( para qualquer formato, à exceção do 3GP ) é meramente especulativa. Podes usar de dimensões mais largas ou enxutas, variando de acordo com a sua necessidade, incrementando as possibilidades com o uso da Proporção de tela ( mencionada mais à frente ).

E jamais esqueça que alguns processos de conversão podem acusar erro por diferentes razões, sendo as mais comuns: arquivo original corrompido ( impossibilitando novas conversões ), conflito de codecs ( entre programa e computador ou apenas no computador ) e bug na versão do Media Coder ( o que ocorre em vários uptades do programa ).

Outras circunstâncias

Modo de tela mais personalizado.

Entre as características presentes na família 0.6.2, o modo de tela tem o seu destaque. Você poderá usar de uma das configurações que estão por padrão no programa, ou então fazer uma dimensão personalizada. Para tanto basta-lhe ir à aba Figura, clicar no campo onde está a dimensão de tela ( em Tamanho ) e digitar um valor qualquer.

Além deste fator, ainda na aba Figura poderás selecionar um padrão de visualização, presente na opção Proporção. Selecionando a referida opção, você poderá escolher uma entre as cinco variantes de dimensão disponíveis, como as conhecidas 4:3 e 16:9. Se a opção Proporção não for selecionada, o programa trabalhará unicamente com a dimensão de tela que escolheste em Tamanho.

Selecionando o áudio adequado para converter em WMV.

Muito embora o programa já faça conversões para o formato WMV ( Windows Media Video ), o mesmo apresenta alguns bugs referentes ao seu áudio. Quando da seleção da mudança de qualidade do codec de WMA ( Windows Media Audio ), a conversão tende à ficar muito demorada, chegando em alguns casos à não findar-se.

E no que se refere à mudanças, o navegador Firefox continua tendo papel crucial para o uso mais dinâmico do Media Coder. Isto se deve ao fato de que muitas das opções do programa serão acessíveis apenas se o navegador Firefox estiver instalado em seu computador.

Entretanto, isso não significa que deves estar obrigatoriamente conectado à internet para acessar várias das opções do programa ( e realmente não precisa estar conectado ). O fator de obrigação está apenas ligado ao Firefox estar instalado em seu computador, pois é na combinação com ele que o leque de opções lhe é apresentado, quando se fizer necessário ( exemplo na imagem mais acima sobre o WMV ).

Convertendo arquivos

Conversão para MPEG2.

- MPEG1 / MPEG2 -

*Audio: fonte MPlayer, codificador LAME MP3;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato MPEG1, recipiente MPEG1;
*Bitrate: entre 500 e 2000 kbps;
*Figura: tamanho 1024x560 / 720x400 / 624x352, recortar Disabled;
*LAME: modo de classificação ABR, canal Auto, taxa de bits 120
.

*Audio: fonte MPlayer, codificador LAME MP3;
*Video: modo Bitrate-Based, formato MPEG2, recipiente MPEG2;
*Bitrate: entre 500 e 2500 kbps;
*Figura: tamanho 1280x720 / 1024x560 / 720x480 /
640x368, recortar Disabled;
*LAME: modo de classificação ABR, canal Auto, taxa de bits 120
.

*Audio: fonte MPlayer, codificador FFmpeg;
*Video: modo Bitrate-Based, formato MPEG2, recipiente MPEG2;
*Bitrate: entre 500 e 2500 kbps;
*Figura: tamanho
1280x720 / 1024x560 / 720x480 /640x368, recortar Disabled;
*FFmpeg: formato MP3, taxa de bits entre 250 e 700
Kbps.

- MOV -

*Audio: fonte MPlayer, codificador LAME MP3;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato MPEG4, recipiente MOV;
*Bitrate: entre 400 e 3000 kbps;
*Figura: tamanho 720x480 / 640x368 / 320x160, recortar Disabled;
*LAME: modo de classificação ABR, canal Auto, taxa de bits 120
.

Conversão para AVI, usando-se do codec MPEG4.

- AVI / modo de compatibilidade com Xvid -

*Audio: fonte MPlayer, codificador LAME MP3;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato Xvid, recipiente AVI;
*Bitrate: entre 200 e 2500 kbps;
*Figura: tamanho
1024x560 / 720x400 / 624x352 / 320x160, recortar Disabled;
*LAME: modo de classificação ABR / VBR, canal Auto, taxa de bits 120
.

- AVI / modo MPEG4 -

*Audio: fonte MPlayer, codificador LAME MP3;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato MPEG4, recipiente AVI;
*Bitrate: entre 200 e 2000 kbps;
*Figura: tamanho
1280x720 / 1024x560 / 720x480 /640x368 / 320x240, recortar Disabled;
*LAME: modo de classificação ABR, canal Auto, taxa de bits 120
.

- AVI / padrão usual -

*Audio: fonte MPlayer, codificador LAME MP3;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato MS-MPEG4-V2, recipiente AVI;
*Bitrate: entre 200 e 2500 kbps;
*Figura: tamanho
1280x720 / 1024x560 / 720x480 /640x368 / 320x240, recortar Disabled;
*LAME: modo de classificação ABR / VBR, canal Auto, taxa de bits 120
.

Convertendo para MP4 usando do codec H264.

- MP4 -

*Audio: fonte MPlayer, codificador Nero Encoder;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato H264, recipiente MP4;
*Bitrate: entre 200 e 2000 kbps;
*Figura: tamanho
1024x560 / 720x480 / 608x336, recortar Disabled;
*Nero Encoder: perfil HE-ACC V2, modo Target Quality, taxa de bits/qualidade 20 à 60
.

*Audio: fonte MPlayer, codificador LAME MP3;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato H264, recipiente MP4;
*Bitrate: entre 200 e 2000 kbps;
*Figura: tamanho 1024x560 / 720x480 / 608x336 / 352x480, recortar Disabled;
*LAME: modo de classificação ABR, canal Auto, taxa de bits 120
.

*Audio: fonte MPlayer, codificador FAAC;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato H264, recipiente MP4;
*Bitrate: entre 200 e 2000 kbps;
*Figura: tamanho
1024x560 / 720x480 / 608x336 / 352x480, recortar Disabled;
*FAAC: qualidade 150 à 400 , versão MPEG4, Tipo do objeto Low Complexity
, Recipiente AAC.

- Matroska ( MKV ) -

*Audio: fonte MPlayer, codificador Nero Encoder;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato H264, recipiente Matroska;
*Bitrate: entre 500 e 2500 kbps;
*Figura: tamanho
1024x560 / 720x400 /320x240, recortar Disabled;
*Nero Encoder: perfil HE-ACC V2, modo Target Quality, taxa de bits/qualidade 20 à 60
.

*Audio: fonte MPlayer, codificador FAAC;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato H264, recipiente Matroska;
*Bitrate: entre 500 e 2500 kbps;
*Figura: tamanho
1024x560 / 720x400 /320x240, recortar Disabled;
*FAAC: qualidade 150 à 400 , versão MPEG4, Tipo do objeto Low Complexity
, Recipiente AAC.

*Audio: fonte MPlayer, codificador FAAC;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato Xvid, recipiente Matroska;
*Bitrate: entre 300 e 3000 kbps;
*Figura: tamanho
1024x560 / 720x400 /320x240, recortar Disabled;
*FAAC: qualidade 150 à 400 , versão MPEG4, Tipo do objeto Low Complexity
, Recipiente AAC.

Conversão para o formato Flash Video.

- Flash Video ( FLV ) -

*Audio: fonte MPlayer, codificador LAME MP3;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato Flash Video, recipiente Flash Video;
*Bitrate: entre 100 e 3000 kbps;
*Figura: tamanho 320x240 / 320x160 / 240x180 / 120x120 / 120x96, recortar Disabled;
*LAME: modo de classificação ABR, canal Auto, taxa de bits 120
.

- 3GP / padrão da maioria dos aparelhos móveis ( celulares ) -

*Audio: fonte MPlayer, codificador AMR;
*Video: m
odo Bitrate-Based, formato H263 / H263+, recipiente 3GP;
*Bitrate: entre 100 e 3000 kbps;
*Figura: tamanho 120x120 / 120x96 / 96x96, recortar Disabled;
*AMR: marcar a opção Banda larga AMR ( para maior qualidade )
.

Nota importante: quando da escolha do codificador AMR, poderá ocorrer do programa abrir uma caixa de diálogo, onde lhe será pedido o download de um pacote chamado AMR Codec Pack for Media Coder.
O programa o instrui à usar de forma adequada o codec de áudio AMR, uma vez que ele não é por padrão presente no Media Coder.


Objetivamente

Muito embora o Media Coder seja um programa gratuito repleto de ferramentas e de "n" possibilidades de conversão, ele ainda apresenta alguns bugs. Contudo, estes mesmos bugs têm diminuído muito à cada update, o que leva à crer que uma versão final do programa pode estar à caminho. Mas isso é apenas uma suposição...

Ainda assim, o Media Coder é um prato cheio para as pessoas sedentas em gravar discos com seus vídeos preferidos ou de gravações próprias. Também é extremamente útil para o processo de compactação de vídeos, onde a opção de conversão de MKV com Xvid é um bom exemplo de tal ação.

O programa está em franca evolução, o que é extremamente positivo. E tendo a concorrência dos igualmente gratuitos SUPER, Format Factory e Any Video Converter Free, é sempre bom pensar no amanhã...

O Media Coder continua sendo um programa altamente recomendado.

* Versão utilizada neste tutorial: 0.6.2.4226.

- NETOIN! Mais! -

----------

Acesse o site SourceForge.net, e faça o download do Media Coder. Saiba mais sobre o programa acessando o seu site oficial.

Mais do rugby...

As meninas do Brasil fizeram bonito novamente.

Quando se fala de rugby, muitas são as pessoas que associam o esporte à uma espécie de ramificação do futebol americano, o que é errado. No Brasil, como já se faz saber, o rugby é um esporte que ainda anseia pelo seu reconhecimento.

Contudo, as portas se fazer abrir para que isso venha à se concretizar um dia. Tudo devido aos últimos resultados obtidos pelas seleções nacionais masculina, e principalmente a feminina.

Jogando contra os grandes do continente

Exceção feita à Argentina que já está garantida no Mundial'2011 ( pela sua excelente campanha na França'2007 ), os rapazes do Brasil terão agora um verdadeiro teste de fogo, pois disputarão com as seleções uruguaia e chilena o direito de continuar sonhando com o mundial no qual os argentinos já estão qualificados.

Após passarem pela representação de Trinidad & Tobago ( campeão caribenho ) com duas vitórias, o Brasil disputará a eliminatória do Consur A. Ao vencedor do torneio, será dado o direito de enfrentar o perdedor do confronto entre Estados Unidos e Canadá pela vaga direta na Nova Zelândia'2011.

O Brasil tem melhorado muito nos últimos anos. Ter vencido o Consur B em 2008 em terras paraguais ( contra os anfitriões ) foi uma clara prova disso. E poder medir forças contra seleções do naipe de Uruguai e Chile certamente ajudará muito no processo evolutivo da seleção tupiniquim.

Penta-campeãs!

As meninas do Brasil conquistaram pela quinta vez consecutiva o sul-americano de sevens, que este ano foi realizado na cidade paulista de São José dos Campos.

Tendo vencido as cinco partidas disputadas, as brasileiras mostraram que quando o assunto é rugby feminino, quem reina no continente são elas. Além disso, o sul-americano serviu também como teste preparatório para o Mundial de Sevens, que será realizado em março próximo na cidade de Dubai. A seleção brasileira havia conquistado a vaga no ano passado, após ter vencido o sul-americano de sevens que foi disputado no Uruguai.

A seleção masculina se saiu bem em São José dos Campos, tendo terminado o sul-americano na quarta posição. A Argentina conquistou o quinto título consecutivo na modalidade masculina.

O Mundial de Sevens.

Detalhe da cidade de Dubai.
- Fonte da imagem: Panorâmio -

O Mundial de Sevens será disputado no próximo mês de março, na cidade de Dubai ( capital dos Emirados Árabes Unidos ). Pela primeira vez o Brasil disputará a competição, e lá estarão as moças representando a nação verde e amarela. No formato masculino, os representantes continentais são as seleções da Argentina e do Uruguai.

Veja a baixo a divisão dos grupos na modalidade feminina:

* grupo A: Austrália, Holanda, França e China;
* grupo B: Inglaterra, Japão, Rússia e Estados Unidos;
* grupo C: Canadá, Brasil, Espanha e Thailândia;
* grupo D: Nova Zelândia, África do Sul, Itália e Uganda.

Boa sorte para as meninas do Brasil, e que realizem uma ótima campanha.

- NETOIN! Mais! -

----------

Visitem:

* site oficial do Sul-Americano de Sevens'2009;
* assista à um vídeo feito por André Marques ( Empório da Imagem ) sobre o Sul-Americano de Sevens'2009;
* site da IRB, sobre o
Mundial de Sevens'2009;
* site
Rugby Mania;
* comunidade
Rugby Brasil no Orkut.
Posted on segunda-feira, fevereiro 23, 2009 | Categories: ,

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Um projeto sendo inaugurado: "Kotatsu Shinbun".

Novidade ao som de "Dango Daikazoku".
Ei, anime-se Okazaki!


Hoje é o dia em que o mais um novo projeto aparece para a apreciação de todos.

Este projeto atende pelo nome de "Kotatsu Shinbun", tratando-se de um blog voltado única e exclusivamente à animação e cultura japonesa como um todo.

Um pouco sobre o "Kotatsu Shinbun"

Curiosidade total...

A idéia central deste projeto baseia-se única e exclusivamente numa nova forma de levar até você mais informações, novidades, reviews e curiosidades à cerca da animação e cultura japonesa. E a equipe que está à frente do "Kotatsu Shinbun" promete muito empenho à respeito disso...

O idealizador do projeto é o jovem Leandro ( proprietário do "Subete Animes" ). E, além dele e deste humilde blogueiro que escreve este texto ( que é também o proprietário do "NETOIN!" ), também participam o Alberto "DeCyber" ( do "The Key of the Broken Hearts" ) e o Thiago ( do "Ganjin Br" ). Cada qual ajuda no projeto com a sua especialidade, e também auxiliando os outros colegas na busca por informações.

Como se trata de uma edição inaugural, ela foi batizada como "edição zero" ( em uma clara homenagem ao anime "Suzumiya Haruhi no Yuuutsu" ). E ainda mais por esta razão é que se faz necessária a sua opinião, leitor.

Se você é fã da cultura japonesa, e principalmente de sua animação, eis então um blog que você não poderá deixar de visitar.

Seja bem-vindo ao "Kotatsu Shinbun" você também!

- NETOIN! Mais! -

NETOIN! Mais!



O blog está presente desde 27 de fevereiro de 2008.

E esta é a quinta alteração de template dele, datada de
18 de outubro de 2013.

(a última foi em 16 de dezembro de 2012)

- Grato pela visita -



Blog sobre assuntos diversos - Favor não copiar os textos do blog sem antes entrar em contato com o dono do mesmo.
NETOIN! Mais! 2008-2014