domingo, 20 de janeiro de 2013

Sobre inspirações e sonhos...

Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais/PR.
-13/01/2013-

Se imaginar em diferentes situações, nos locais mais distantes e ainda assim procurar se manter em sintonia plena com aquilo que você quer ter, sentir ou simplesmente verificar pessoalmente. Uma frase difícil para ser compreendida em tese, mas de grande aplicabilidade para o momento presente.
Robôs gigantes invadem Curitiba. Estão atrás de algo muito especial que está
guardado no coração de uma pessoa.
Esta pessoa não é fácil de ser encontrada e estes robôs ameaçam
tudo destruir se tal ser humano não for encontrado.
Uma premissa bem básica, clichê e corriqueira dos contos e histórias do gênero sci-fi. Por alguma estranha razão, minha pessoa acabou tendo este sonho a cerca de cinco noites atrás. O mesmo voltou com força cerca de duas noites atrás e, entre tentar decifrar se há algum significado nisto e a famosa deixada de lado sobre o mesmo, foi resolvido usar do benefício da dúvida e lançar alguns questionamentos.

Poderia esta ser a premissa de uma história realmente boa, da mesma forma que pode se tratar de um devaneio mental comum e incerto. A cabeça doía imensamente, graças às preocupações com o trabalho formal e algumas questões mais pessoais. Um sonho deste, vindo do nada e invadindo uma mente já tão perturbada em certa instância recai em dúvidas. Não é loucura nem insensatez, pois tudo se trata unicamente da busca pelo desconhecido.

Céu escuro em Curitiba/PR.
-16/01/2013-

É algo como verificar o céu em um dia nublado e chuvoso. Não há como deixar de fazer uma ligação disto com  pensamentos um tanto quanto mais sombrios, tristes e aparentemente escassos de qualquer traço de felicidade. Mas este é um tipo de céu tão adorável quanto aquele todo azul, ou que possua poucas nuvens nele a correr para lá e para cá.

O céu carregado, lotado de nuvens densas e aparentemente irritado com o solo onde despejará a sua fúria, possui uma imponência e uma força simplesmente admiráveis. Dele pode se tirar alguma inspiração, um fragmento momentâneo de história que, se não devidamente bem aplicado (anotado em rascunho por exemplo) poderá se perder para todo o sempre. Ou ao menos até a próxima tormenta.

Parece ser assustadoramente estranho escrever algo desta forma, sobre tal sonho e decorrente vínculo inspirativo, sem pensar que você possa achar este blogueiro a meio caminho de um devaneio mental sem volta. Certamente, não é para tudo isso. Mas é algo que precisava ser traduzido em palavras para uma melhor compreensão e até um tipo de descarrego de consciência.

O mais incrível é que, justamente à partir de ideias como esta que se costuma surgir as histórias mais insanas e comentadas por várias pessoas. Algo para se pensar, algo para se comentar. Que o próximo Devaneio Mental fique para a sexta-feira à surgir...

Twitter do blogueiro aspirante a escritor aqui

- NETOIN! Mais! -

6 comentários:

  1. Robôs gigantes?! O.O
    Por essa eu não esperava! XD
    Creio eu que se há seres que inspiram os humanos, desta vez eles foram bem mistériosos... :)
    Se bem que Evangelion tem uma dessas premissas e consta como uma das histórias mais envolventes da década de noventa, chegando a ter o anime encerrado primeiro, antes do término do mangá e que atualmente a saga recebe o seu terceiro 'braço' na voz dos filmes com novas tecnologias... Aiai, bons tempos...
    Pensando: "O que será que Curitiba tem?" Sério, parace a cidade dos novos leitores... :B
    Até a próxima, um bom dia e um ótimo trabalho! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Desculpe pela demora na resposta.

      Não que Curitiba tenha algo em especial ou não para atrair novos escritores, mas é inegável o fato do quão inspirativa para criação de histórias a cidade é.

      Ao menos em meu simplório modo de ver...


      Até mais!

      Excluir
  2. Olá Carlírio o/

    Olha, refletindo sobre a questão "emocional", a inspiração da minha atual Novel veio de forma semelhante: Eu estava sob muita pressão em diversas áreas de minha vida, ai incrivelmente a ideia do tema central invadiu minha mente, e até mesmo pude sonhar com a mesma. De qualquer forma, acho interessante este tipo de inspiração, pois como dito no texto acima, nos trazem justamente as histórias mais incríveis.

    E mesmo sendo algo "clichê", pode se bem conduzido (creio que assim será) se tornar algo ótimo!

    Muito legal o texto para análise e reflexão.

    Até a próxima o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Fazer reflexões é algo que tem me acometido muito desde o início deste ano, nobre Vinícius.

      Geralmente, nos momentos em que menos esperamos é que as coisas acontecem para valer...

      Lamento pela demora na resposta em vosso comentário.


      Até mais!

      Excluir
  3. A melhor história que já pensei em escrever foi quando eu estava viajando, em um ônibus. Tenho vários fragmentos de ideias, descrições e momentos para personagens, mas sem certeza de que algum dia sairá algo de um devaneio aleatório como já tive algumas vezes. Inventei até nomes, lugares, mas tudo está ainda em minha mente. Se sua inspiração veio de forma semelhante, porém derivada de um sonho, acredito que possa sair algo interessante se planejar melhor antes de lançar algo.

    Eu já escrevi textos e histórias aleatórias (algumas nas quais nem lembro onde estão), mas, para que tudo fique com uma estrutura decente, precisa-se de alguns rascunhos e organização de pensamentos antes. Com calma e racionalidade você pode fazer os sentimentos de seus sonhos, sendo que alguns pelo menos devem ser inconscientes, construírem uma boa premissa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Transformar os sonhos em realidade por intermédio das palavras...

      Rapaz, anseio muito em ter tamanha coragem para descrever o que sinto neste momento. Mas talvez seja melhor não fazê-lo.

      E sim, devo lhe dar total razão. Embora a inspiração surja "do nada", todo planejamento e estudo é trivial antes de se fazer lançar as palavras no pedaço de papel.

      Peço sinceras desculpas pela demora em respondê-lo.


      Até mais!

      Excluir

Deixe aqui sua opinião sobre este texto.
Com isto, o [NETOIN! Mais!] poderá crescer e se desenvolver ainda mais.

Muito agradecido!

NETOIN! Mais!



O blog está presente desde 27 de fevereiro de 2008.

E esta é a quinta alteração de template dele, datada de
18 de outubro de 2013.

(a última foi em 16 de dezembro de 2012)

- Grato pela visita -



Blog sobre assuntos diversos - Favor não copiar os textos do blog sem antes entrar em contato com o dono do mesmo.
NETOIN! Mais! 2008-2014