sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

A Rede Manchete ainda deixa saudades...

Talvez o Brasil seja hoje um dos países do mundo que mais se destacam em um quesito peculiar, porém notório: audiência televisiva.

Torna-se óbvio o bastante exclamar que a Rede Globo é a dona da maior fatia desta audiência no Brasil, cobrindo quase todo o território nacional com seus sinais, sendo que estes mesmos sinais se fazem em outros países do globo. Emissoras como o SBT, a Rede TV!, a Rede Bandeirantes e a Rede Record seguem no encalço da emissora carioca, cada uma ao seu modo.

No entanto, uma emissora deixou muitas saudades, seja para quem gostava de tele-jornais, de animação japonesa, de novelas, o que for: a referência é feita a extinta Rede Manchete.

O logo da Rede Manchete.

Um relato saudosista...

A Rede Manchete iniciou suas transmissões em junho de 1983, em um domingo. Seu dono, Adolpho Bloch, apareceu na tela dando as boas-vindas, e a conhecida vinheta foi ao ar pela primeira vez. Tratava-se da vinheta onde o logo da emissora fazia as vezes de um disco voador, sobrevoando algumas das principais cidades do país, e parando em sua sede na cidade do Rio de Janeiro.

A Rede Manchete, ao longo de seus anos, alternou muitos bons e maus momentos. Seu ápice foi justamente no período compreendido entre os anos de 1983 e 1993. Dificilmente alguém que tenha vivenciado tal época não recordará das novelas transmitidas pela emissora, tais como "Xica da Silva" ou "Pantanal", ou do seu telejornalismo presente e atuante, ou ainda do programa infantil "Clube da Criança" apresentado pela Xuxa...

Aliás, tratando-se do "lado infantil" da história: como não recordar dos seriados e animes japoneses que a Manchete concedeu ao público brasileiro? Animes como Don Drácula, Saint Seiya ( Cavaleiros do Zodíaco ), Shurato e Yu Yu Hakushô logo devem vir à cabeça juntamente dos saudosos Jaspion, Changeman, Black Kamen Rider, Flashman...

O período trágico...

Há quem possa dizer que um dos grandes motivos da Rede Manchete ter fechado as suas portas foi o alto investimento aplicado em novas tecnologias, que não deram retorno principalmente nos últimos momentos de vida ( lê-se: anos ) da emissora.

Deve-se alinhar ao descrito acima de que a emissora em questão acumulou muitas dívidas à partir de 1997, o que levou muitas de suas filiadas ao redor do Brasil a mudar de transmissão.

Para exemplificar: em Curitiba a então Rede Independência de Comunicação ( canal 7-VHF ), que gerava as transmissões da Rede Manchete para a capital paranaense e região metropolitana, mudou seu sinal de retransmissão para a Rede Record no ano de 1996. O sinal da emissora carioca passou à TV Exclusiva ( canal 57-UHF ), que durou até meados de 1999, quando da venda da Rede Manchete, e conseqüente encerramento das transmissões da mesma.

Daí até a sua última transmissão foi um passo extremamente curto.

Hoje em dia...

Mate saudades, revendo o chamado da Rede Manchete...

Essas retransmissoras mudaram de emissoras, e estas mesmas emissoras tem padrões totalmente diferenciados aos da extinta Rede Manchete, não que isso cause espanto ou que não deveria ser assim...

Mas é o fator de nostalgia pura que tende a "falar mais alto" neste momento.

A Rede Manchete deixou saudades e, mesmo em não se tratando da emissora no primeiro lugar em audiência, teve seus méritos e conquistou seus fãs ao longo do território nacional. Talvez se ela ainda existisse hoje em dia teria uma sorte melhor ( ou talvez não ). Em todo o caso, até a próxima, Rede Manchete!

- NETOIN! Mais! -

2 comentários:

  1. nossa, ver esse vídeo muito me lembrou minha infância. e de quebra me sinti mais velho... HAHAHAHA

    ResponderExcluir
  2. Nossa que saudade da nossa manchete ficou um grande vazio no nosso meio de comunicação,infelismente os nossos politicos pouco se importa com o fim de um meio de comunicação valeu Manchete por sua existencia,que tristeza pelo o seu fim o país e o povão que perdeu.

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião sobre este texto.
Com isto, o [NETOIN! Mais!] poderá crescer e se desenvolver ainda mais.

Muito agradecido!

NETOIN! Mais!



O blog está presente desde 27 de fevereiro de 2008.

E esta é a quinta alteração de template dele, datada de
18 de outubro de 2013.

(a última foi em 16 de dezembro de 2012)

- Grato pela visita -



Blog sobre assuntos diversos - Favor não copiar os textos do blog sem antes entrar em contato com o dono do mesmo.
NETOIN! Mais! 2008-2014